Search
  • Marisa Mendes

Pós Férias e Regresso ao Trabalho

Voltaste de férias e o regressou ao trabalho e à sua rotina avizinha-se demasiado penoso?


Podes sentir que estás a atravessar o período de readaptação à disciplina dos horários e realização de tarefas quotidianas que fazem parte da vida que escolheste para ti. Então está tudo bem. Espera mais uns dias.


Ou, podes sentir que esse período já lá vai mas mantens o estado de apatia, ausência de foco, desmotivação, falta de ritmo e energia, acompanhado de uma espécie de "vazio" que te acompanha, dia após dia. Provavelmente, já começaste a questionar se terás algum problema ou entraste em auto julgamento de que "eu não gosto de trabalhar, sou preguiçoso, não tenho espírito de sacrifício, não acrescento valor" entre outras premissas semelhantes... sentes-te inadaptado à vida que escolheste... segue-se a natural baixa de auto estima e auto confiança, e entras no ciclo repetitivo de auto penitencia pelo que está a acontecer. E sentes-te cada vez mais no fundo... "de algo" ou "de um estado" que nem sequer sabes muito bem descrever, e às tantas só vislumbras uma enorme confusão na tua vida....


Se te revês neste último parágrafo, deixe-me felicitar-te! Significa que atingiste o "vale" da tua curva de desenvolvimento pessoal. Assim, está reunida uma das principais condições para que daqui por diante a tua curva volte ao sentido ascendente de crescimento pessoal. Fizeste escolhas anteriores, sem ouvires a sua "voz interior" ou, se a ouviste, por algum motivo essa escolha deixou de fazer sentido e agora essa mesma voz (ou mente inconsciente) está a pedir-te uma nova direção. Pede-te que vás ao encontro da tua essência... E para isso:

1º Aceita este estado com naturalidade, sabendo que é a via para que, no amanhã, possas sentir-te mais realizado;

2º Compreende que é nas fases de maior confusão, que buscamos as melhores soluções;

3º Percebe se estás preparado para delinear uma estratégia de mudança sozinho ou se necessitas de algum tipo de suporte para te orientar nesta transição e em que direção;

4º Acredita que, ou mudas de forma consciente ou, se optas pelo teu auto sacrifício e manteres a situação conforme está, provavelmente a tua mente inconsciente irá arranjar forma (menos agradável e mais dolorosa) de promover a mudança.

0 views
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

2020 ©  Copyrights Be Brave - Programa de Coaching & PNL

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now